Estado, Arquitetura e Desenvolvimento: A Ação Habitacional do Iapi Código: 743136

  • Nilce Aravecchia-Botas
UNIFESP
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 20 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Nilce Aravecchia-Botas
ISBN9788555710124
Numero de Páginas264
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraUNIFESP
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

Estado, Arquitetura e Desenvolvimento: A Ação Habitacional do Iapi faz uma análise abrangente da produção pública de habitação social na Era Vargas – sobretudo sob o Estado Novo –, quando a resposta à carência de moradia popular se tornou premente gr aças a um processo acelerado de industrialização e urbanização. A política e a produção de habitação popular eram encampadas por institutos de pensão, e esta obra se centra na ação do Iapi – Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Industriários –, e mblemática na época, não só pela grande quantidade de unidades residenciais produzidas (cerca de 35 mil), mas por avançar na elaboração de estratégias para a produção em massa de moradias, com processos construtivos racionalizados. Com base em consis tente pesquisa documental e de imagens (várias delas apresentadas no livro) e elaborando uma reflexão inovadora, a autora analisa os diversos aspectos implicados em tais ações: relações político-econômicas que condicionaram projetos e obras conexões entre o campo intelectual e o projeto político trânsito de ideias nacionais e internacionais na formulação de um conceito próprio sobre arquitetura, urbanismo e habitação e limites e possibilidades do desenvolvimento tecnológico. Examina em detalh es características de alguns projetos específicos de conjuntos residenciais construídos pelo Iapi, além de mostrar como a política de habitação conduzida por esse instituto propiciou um enorme desenvolvimento para os campos da arquitetura, engenharia e urbanismo no Brasil. Trata-se de obra essencial para a compreensão da história e dos rumos da política habitacional em nosso país, moldados pelas escolhas feitas em seus primórdios e que têm como modelo as moradias construídas pelo Iapi.
Minha Conta