Representação e Representatividade: A Afrodescendência Código: 747539

  • Larissa de Oliveira Neves
CRV
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 40 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Larissa de Oliveira Neves
ISBN9788544412602
Numero de Páginas100
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraCRV
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

Em março de 2003, foi aprovada a Lei Federal nº10.639/03, que torna obrigatório o ensino de história e cultura africana e afro-brasileira nas escolas de ensino fundamental e médio. Essa lei tem como objetivo promover uma educação que reconheça e valo rize a diversidade, comprometida com as origens do povo brasileiro. Sabe-se que a educação é um instrumento fundamental para a promoção das demandas da população negra no combate às desigualdades sócio raciais. Entretanto, quando pensamos no ensino s uperior há uma brecha, uma ruptura entre a composição populacional e os dados da presença afrodescendente no âmbito universitário. Há pouquíssimos negros dentro da academia, seja como docentes ou como discentes, e dentro da universidade é comum ver n egros ocupando como maioria, apenas, os serviços terceirizados relacionados à limpeza, alimentação e segurança. Essa polarização do espaço ocupado por negros e o espaço ocupado por brancos é gritante. Esse livro traz sete artigos sobre manifestações artísticas que lutam contra essa desigualdade. São textos oriundos de pesquisas sobre a presença ativa e criativa dos negros nas artes cênicas, nas artes audiovisuais e na universidade. Sua publicação visa a ser um pequeno passo numa luta que deveria ser de todos os brasileiros e de toda a humanidade, uma luta para que o preconceito e o racismo deixem de existir um dia.
Minha Conta