Violência Intrafamiliar Contra Crianças: Risco, Proteções e Recomendações a Profissionais no Brasil e em Portugal Código: 1069239

  • Sarita Amaro
CHIADO EDITORA
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 45 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Sarita Amaro
ISBN9789895184163
Numero de Páginas142
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraCHIADO EDITORA
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

"A violência que golpeia as crianças, dada a sua disseminação e agravos, passou a ser compreendida, na contemporaneidade, como tema de direitos humanos e de saúde pública em escala mundial. O avanço nos estudos dessa realidade revelou que a família e os espaços domésticos são recorrentemente as relações e/ou locais em que mais as crianças são expostas a abusos, sobretudo por conta da possibilidade de perpetuação e silenciamento da vítima, cotidianamente assombrada e oprimida pelo poderio p arental. Isso representou uma reviravolta na forma de responder à questão, principalmente no que se refere à adoção de medidas protetivas às crianças. Esse desafio tem convocado profissionais de diferentes áreas, assim como agentes públicos de dif erentes instituições. Baseada na expertise de seus autores, a obra apresenta situações, cenas, padrões de relações e outros condicionantes relacionados, preparando e qualificando os profissionais para o diagnóstico e o atendimento de crianças viti mizadas, famílias maltratantes e situações de violência contra crianças. Nesse sentido, superando fronteiras de conhecimento e geográficas, aproxima Brasil e Portugal nessa luta contra a violência e em favor da vida protegida de crianças, a começ ar no seio familiar. É uma obra de contributo em nível intercontinental. Diante disso, profissionais e agentes atuantes em instituições como conselhos tutelares/CPCJ, delegacias de polícia, hospitais, tribunais de justiça e promotorias, assim como escolas e postos de saúde, são diretamente convidados a ler."
Minha Conta