Estado, Constituição e Meio Ambiente: O Projeto Antropológico Como Desencantamento e a Crise Ambiental Como Dessacraliza Código: 735827

  • Bruno Cozza Saraiva
JURUA
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 9 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Bruno Cozza Saraiva
ISBN9788536260419
Numero de Páginas176
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraJURUA
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

A presente obra tem como finalidade afirmar que o Projeto Antropológico Moderno não representou, a partir do Esta­do Social, uma revolução no homem, bem como também, contemporaneamente, não se apresenta como condição de possibilidade para absorver (e nfrentar) os novos problemas – Crise Ambiental – e resolver aqueles – Carências – que impulsionaram a sua construção. Em consequência disso, para esta verificação, se elencou, es­pecificamente, quatro objetivos, quais sejam: a) demonstrar que os Pro jetos Político e Jurídico representam, hodierna­mente, um fracasso em face da reificação-dessacralização da natureza como produto antrópico e como representação da Crise Ambiental b) analisar se o Homem Social, ao estreitar os laços entre técnica e natureza, possibilitou o surgimento da imanente relação de progresso e destruição ambiental c) analisar se o Estado de Direito Ambiental é capaz de supor­tar e regular – nacionalmente e globalmente – as relações entre o modo de produção humano e o m eio ambiente e d) demonstrar que a dessacralização do habitar-morar na Terra compromete o futuro da natureza e, por consequência, o fu­turo da humanidade. Além disso, neste mesmo sentido, para atender a estas fi­nalidades, como metodologia de abord agem, será utilizada a fenomenologia hermenêutica.
Minha Conta