Influência dos Estados Unidos da América na Afirmação do Princípio da Igualdade no Emprego nos Países da Lusofonia, A Código: 731625

  • Guilherme Dray
ALMEDINA IMPORTADO
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 14 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Guilherme Dray
ISBN9789724064239
Numero de Páginas138
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraALMEDINA IMPORTADO
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemImportado

Sinopse

Numa perspetiva inovadora, esta obra assinala a influência dos Estados Unidos da América na afirmação do princípio da igualdade e não discriminação. O estudo recorda a Declaration of Independence de 1776, a Constituição Americana de 1787 e o CivilRig hts Act de 1964. Faz-se um breve resumo da História do Direito do Trabalho dos EUA e analisam-se os conceitos desenvolvidos na jurisprudência do Supreme Court, designadamente o de disparate treatment, que está na génese da noção de discriminação dire ta o de disparate impact, que está na base do conceito de discriminação indireta o de bona fide occupational qualification, relativo à ideia de discriminação lícita e o de affirmative action, que deu origem às medidas de ação positiva. A obra anal isa também o princípio da igualdade no emprego em quatro países da Lusofonia – Portugal, Brasil, Angola e Timor Leste – e conclui que nesta matéria se esbatem as assimetrias entre o sistema da common law, onde se insere o dos EUA, e o sistema romano- germânico, que caracteriza os países de língua oficial portuguesa.
Minha Conta