Criminologia Cultural e a Criminalização Cultural Periférica, A: Estudos Sobre Crime, Multiculturalismo, Cultura e Tédio Código: 744322

  • Saulo Ramos Furquim
LUMEN JURIS
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 7 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Saulo Ramos Furquim
ISBN9788584407149
Numero de Páginas212
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraLUMEN JURIS
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

O conteúdo tem por objeto o estudo da Criminalização das Culturas Periféricas, sob a perspectiva da Criminologia Cultural, buscando entender no contexto nacional e também internacional o porquê de manifestações culturais, tradições, identidades, símb olos e significados são objetos de uma política penal, em detrimento de uma política cultural. Para entendermos melhor a Criminalização Cultural, o autor propõe inicialmente um mergulho pela dicotomia criminológica das Teorias do Consenso e do Confli to. Assim, como base em uma Criminologia do Conflito associando as premissas Teorias das Subculturas Delinquentes, Labelling Approach e Crítica, que emerge a Criminologia Cultural. Para o êxito do trabalho, foram utilizados procedimentos de análise histórica, filosófica sociológica, criminal e comparativa, visando sempre a interdisciplinariedade do estudo. A pesquisa empregada consiste em consultar fontes primárias como, legislação, jurisprudências: nacionais e internacionais, além de extensa p esquisa bibliográfica. Entre outros tópicos, foram abordados os desafios do multiculturalismo, o qual traz as sociedades ocidentais por meio da imigração, cultura, tradição e costumes, que são tidos como criminosos nas sociedades ocidentais os atos de vandalismo e violência no contexto do lazer, à luz dos pensamentos criminológicos o tédio como fator determinante aos atos de subversão a influência punitiva pela mídia e a fabricação de pânicos e panaceias morais as políticas de tolerância ze ro em relação às culturas dos marginalizados. Fomentar a discussão criminológica e expandir o estudo das teorias criminológicas contemporâneas tem sido nosso principal objetivo e o presente livro é um instrumento bastante útil nas pesquisas sobre Cri minologia Cultural.
Minha Conta