Introdução ao Estudo das Relações Internacionais Código: 749716

  • Leonardo Arquimimo de Carvalho
EMPORIO DO DIREITO
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 0 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Leonardo Arquimimo de Carvalho
ISBN9788594770134
Numero de Páginas298
Numero de Edição3
Ano de Edição2016
EditoraEMPORIO DO DIREITO
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

As profundas alterações da sociedade global demonstram a importância do estudo das Relações Internacionais. O século XX e o começo do século XXI promoveram uma notável modificação na dinâmica internacional. Os efeitos, ainda não totalmente compreendi dos, têm sido objeto de estudo e de indagação acadêmica. Este campo de investigação tornou-se uma área autônoma de estudos recentemente. Nos últimos anos, um número notável de pesquisas foram produzidas e os estudiosos acabaram por criar um amplo esp aço de discussão da política internacional. Neste caso, felizmente, já há um cenário teórico nacional bem desenvolvido. Outra particularidade chama atenção: ao mesmo tempo em que há um grande interesse pelo tema das Relações Internacionais, inclusive com a criação de novos cursos de graduação, o mercado de trabalho para os internacionalistas não se consolidou. Entretanto, o estabelecimento de um espaço universitário para discussão das Relações Internacionais reverberou em outros campos do conhec imento. A inserção de conteúdos profissionalizantes e fundamentais abrangendo as relações internacionais nos cursos de graduação na área de ciências sociais, por intermédio de projetos pedagógicos e ou da organização curricular, também permitiu que o s conteúdos disciplinares clássicos nas Relações Internacionais fossem revisitados. Nos cursos de Direito, Administração e Economia, por exemplo, a medida acabou reorientando a atenção dos acadêmicos para a importância da temática. Situação desejável , mas nem sempre alcançada pelas disciplinas estritas do Direito, da Administração e da Economia. A ausência de uma problematização acaba construindo percepções românticas e fragilizadas da atmosfera internacional. O estudo das Relações Internacionai s certamente poderia evitar tal situação.”
Minha Conta