Evidências da Conciliação Política na Construção do Plano Nacional de Educação - 2014-2024 Código: 744950

  • Carmen Silva
APPRIS EDITORA
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 30 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Carmen Silva
ISBN9788547302900
Numero de Páginas129
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraAPPRIS EDITORA
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

Evidências da conciliação política na construção do Plano Nacional de Educação – 20142024, como o título deixa claro, versa sobre os movimentos que caracterizam a conciliação política na construção do Plano Nacional de Educação – PNE 20142024. O conc eito de conciliação política adotado fundamentase na obra de Michel Debrun (1983), que a define como um arquétipo políticoideológico caracterizado como um meio de reforçar o poder daqueles que o detêm, apoiandose no hiato existente entre grupos domin antes e camadas subalternas, seja no seu aspecto econômico, cultural, social ou político. A pesquisa estruturada nesta obra identifica como a conciliação política constituiuse na principal característica que tem prevalecido na elaboração de políticas educacionais, evidenciandose como uma estratégia, e analisa como ela se efetivou no processo de construção do PNE 20142024. Diante de influências e de interesses diversificados, os conflitos que emergiram entre grupos de interesses e suas motivações são sistematizados e demonstram a forma como a conciliação política marcou todo o processo de construção do PNE 20142024, desde o diagnóstico até a elaboração de objetivos e metas. Investiga os conflitos de interesse que tiveram relevância no proces so, constituindose em objeto da conciliação política em um contexto de participação social e constituição de espaços públicos de várias categorias de trabalhadores. A conciliação mostrase como ferramenta para a solução de conflitos e negociação de in teresses, constatandose que os conflitos de interesses apresentamse no interior da sociedade civil e entre esta e o Executivo, sendo mediados pelo Legislativo, evidenciando as estratégias da conciliação política utilizadas para fortalecer o processo de construção do PNE, tanto por meio de cooptação da sociedade civil pelo executivo quanto entre as entidades que compõem a sociedade civil.
Minha Conta