Contestado Entre Santa Catarina e Paraná, O: Uma Questão de Limites Nos Limites da Nação Código: 743689

  • Odair Eduardo Geller
PRISMAS
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 25 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • Odair Eduardo Geller
ISBN9788555074103
Numero de Páginas186
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraPRISMAS
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

"O tempo da vida humana, infinitamente menor que o tempo da história, tende a induzir os indivíduos a naturalizar instituições que são culturais e historicamente datadas. Fruto de uma decisão política, as entidades Sudoeste do Paraná e o Oeste de San ta Catarina nascem do Acordo de Limites assinado pelos dois Estados em 20 de outubro de 1916. Intermediado pelo Presidente da República Wenceslau Brás Pereira Gomes, o documento assinado no Palácio do Catete, põem fim há séculos de disputa pelo te rritório entre os rios Iguaçu e Uruguai, conhecido então como Contestado. Até o Acordo, a ausência dos aparelhos ideológicos de Estado, viabilizou o desenvolvimento de uma sociedade que se caracterizou pela presença de uma cultura significativamente diferente da nacional, fato que em parte explica o estranhamento que está na origem do conflito que tomou conta da região entre 1913 e 1916, a Guerra do Contestado. A partir do conceito de frente demográfica, o texto apresenta a sociedade cabocla do Contestado como uma fronteira interna da nação e o Acordo de Limites como uma intervenção de ordem geopolítica, sustentado no intuito de viabilizar a ação administrativa sobre o território, e assim trazêlo para a nação."
Minha Conta