História do Exercício da Cidadania no Brasil, Uma - Coleção Compendium Código: 1072004

  • João Rocha Sobrinho
CHIADO EDITORA
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 45 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • João Rocha Sobrinho
ISBN9789895184101
Numero de Páginas560
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraCHIADO EDITORA
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

"Este livro é fruto de um trabalho voluntário nos últimos 30 anos, monitorando oficinas sobre a História do Exercício da Cidadania no Mundo e no Brasil, analisando a gênese da exclusão social e da pobreza política no Brasil entre 1549 e 2016. Traba lhamos os conceitos de Cidadania: Negada Cerceada Tutelada Reprimida e a Exercitada entre 1986 aos dias atuais. Demonstramos como as elites excluíram a classe-que- vive-do- trabalho da participação política e social até hoje. Mesmo o Brasil sup erando a Inglaterra ocupando o 6º PIB mundial em 2011, 2/3 da sua população sofria com um Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) em 84º lugar. Discutimos o processo de conscientização e mobilização para a Juventude, Movimentos Sociais, Religiosos, Estudantis, a Classe Política e a Mídia para contrapor a Concentração de riqueza no País. E como agir nas instituições reprodutoras da ideologia neoliberal, como único meio para o sucesso. E como conquistar uma Cidadania Ativa usufruindo de Direit os e cumprindo Deveres, ao combater a exclusão social, a miséria e a violência. Apresentamos uma tecnologia social para a sua politização e plano de ação para implementar o Orçamento Participativo e as Reformas Política e a Tributária e Fiscal Pro gressiva, principalmente para conquistar um IDH compatível o PIB. Para sermos éticos, solidários e vivermos em Paz, urge superar a enorme exclusão social numa “pátria mãe gentil” para os ricos e madrasta com os pobres."
Minha Conta