Contatos e Intercâmbios Americanos no Iphan: O Setor de Recuperação de Obras de Arte (1947-1976) Código: 748358

  • María Sabina Uribarren
INTERMEIOS
FracoRegularBomÓtimoExcelente Sem avaliação
à vista no boleto bancário

Este produto será entregue por um de nossos parceiros

Produto Sob Encomenda: Este produto não está disponível para entrega imediata e será encomendado junto à editora. Previsão de postagem em até 7 dias úteis + tempo de transporte (conforme frete escolhido), após a confirmação do pagamento.
Avalie o produto:
Excelente

Características do Produto

Autor(es)
  • María Sabina Uribarren
ISBN9788584990627
Numero de Páginas348
Numero de Edição1
Ano de Edição2016
EditoraINTERMEIOS
Ano de Publicação2016
EncadernaçãoBrochura
OrigemNacional

Sinopse

Este livro se centra na história do Setor de Recuperação de Obras de Arte do IPHAN e na trajetória institucional do seu chefe, o artista plástico Edson Motta – trajetória essa bastante diversificada, uma vez que abrange desde a sua própria formação d e restaurador, realizada junto ao prestigioso Museu Fogg, da Universidade de Harvard, passando pela difícil constituição de um setor de conservação de bens móveis e integrados à arquitetura no seio do instituto, até a consolidação do restaurador como autoridade em sua área, atuando em missões de colaboração entre o Brasil e vários países da América Latina. O trabalho de María Sabina Uribarren é uma imersão profunda em um mundo de complexas e intensas articulações entre o IPHAN, várias instâncias governamentais brasileiras e inúmeras organizações internacionais, de objetivos variados. Este libro descortina aspectos ainda pouco conhecidos da trajetória do órgão federal brasileiro de preservação. Trata-se, sem qualquer sombra de dúvida, de uma contribuição fundamental e obrigatória para a adequada compreensão da história da preservação no Brasil.
Minha Conta